Validar
 
Entrada arrow Freguesia arrow Roteiro

Newsletters






Roteiro Turístico Imprimir e-mail
23-Abr-2008

  mapa_total.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Antes de mais iremos procurar ajudar aqueles que não sabem onde se encontra esta ridente terra, e localizá-la geográficamente, Lousado é uma freguesia pertencente ao Concelho de Vila Nova de Famalicão, no Distrito de Braga e tem a área de 5,61 Km2 e cerca de 5.500 habitantes, que estão distribuídos por 1.520 fogos e 3.320 eleitores ficando a Poente da sede do Concelho Vila Nova Famalicão e do Distrito de Braga.

Lousado está situada a 25 quilómetros de Braga, Guimarães, Barcelos, Póvoa de Varzim, Porto, 7 de Vila Nova de Famalicão, 5 de Santo Tirso e 3 da Trofa. É o que se pode chamar com toda a propriedade uma terra central.

Pois bem, já que está mais ou menos localizado, convido-os a que venham em digressão até cá para verem  «in-lóco» as belezas naturais e humanas da nossa terra.

Entremos pela estrada EM508, que sai da estrada EN14 (Porto - Braga) no lugar da Portela (Ribeirão) e percorrendo cerca de 500 metros estamos naturalmente na jurisdição e nos domínios de Lousado. Caminhando um pouquito mais, estamos a passar uma pequenina ponte que atravessa um fio de água que se denomina – o Ribeiro das Fontainhas – e que se liga ai mesmo ao poético e romântico Ave.

Aqui mesmo aos nossos olhos começam a ver o grande empório industrial, à esquerda fica-nos a «I.T.A.». Industria Têxtil do Ave, mais à frente a Tiffosi, mas entre estas temos uma estrada que nos leva á Continental Mabor. Todas estas fábricas formam e são um conjunto de rara beleza e de muita imponência.

Caminhando na mesma estrada municipal 508 e avançando mais uns 100 metros existe um caminho pedestre que nos leva à Ponte de Ferro. Voltando atrás andamos 200 metros e estamos no largo Conde da Covilhã. Este largo é bem digno de uma visita atenta e observadora, pois é bonito e acolhedor. Tem lindas e verdejantes árvores que nos tempos de canícula são motivo de acolhimento e convida as pessoas a descansarem nos seus acolhedores bancos de jardim, beneficiando das suas sombras protectoras e dos seus ares purificados, onde se encontra um parque infantil.

Aí está erigido um monumento ao inesquecível e sempre saudoso Conde da Covilhã, que é bem o testemunho da gratidão dos Lousadenses para com essa figura ímpar de filantropo de dinamismo e de bondade. Este largo é circundado por bons prédios. Continuando pela mesma estrada e percorrendo mais de 150 metros vamos encontrar os Correios e a Farmácia, num edifício do lado direito. 50 metros à frente encontraremos o largo Cardeal Cerejeira.  Aqui o nosso passeio também merece uma interrupção para ver algo do que a nossa sensibilidade certamente gostará de apreciar. Ao centro deste largo está um monumento encimado por um busto do filho mais dilecto e mais querido desta freguesia D. Manuel Gonçalves Cerejeira. Este é circundado por um lindo e bem cuidado jardim estando do lado Norte o edifício da Casa do Povo e a Escola Primária que tem quatro salas e a Cantina Escolar. Construções estas, que dão naturalmente, certa imponência, ao lugar.

Mais à frente, a 50 metros, encontraremos a casa onde nasceu o Cardeal Cerejeira, antiga sede da Junta de Freguesia e que hoje funciona como Biblioteca , posto de internet e Sede dos Escuteiros. Mais à frente a 100 metros, aparece do lado direito o Centro Social “Mundos de Vida” onde funciona um lar de Idosos, Infantário, ATL, e centro de acolhimento de crianças em risco, e ao lado a Escola Profissional "Forave". Em frente teremos uma rotunda onde no lado esquerdo se encontra a Pré Primária, e o Centro de Saúde, e se virarmos para a direita iremos encontrar a nova Sede da Junta de Freguesia, que é na  Estação de Caminhos de Ferro e o Museu Ferroviário de Lousado. Depois disto poderemos voltar à rotunda onde se, seguirmos para a direita, iremos passar pela zona industrial da Carvalhos, pela Leica, Rui Santos, Cimenteira do Louro, Matadouro Central e à estrada EN14, que nos leva à entrada da auto-estrada A3 e A7 em Vila Nova de Famalicão. Mas voltando atrás e passando novamente a casa do Cardeal Cerejeira, viramos à esquerda, onde iremos atravessar duas pontes uma primeira por cima da linha do Caminho de Ferro a outra por cima  do rio Pelhe. Aqui viramos à direita e saímos da estrada 508, caminhamos num troço de estrada recentemente alcatroada que nos conduzirá ao espaçoso e elegante adro consequentemente à Igreja Paroquial, ao Cemitério, e futura Casa Mortuaria.

Seguidamente subimos o Alto de Montezelo, onde está erecta a capela do Sagrado Coração de Maria e Senhora da Boa Hora, grande devota dos Lousadenses, onde se realiza todos os anos no segundo fim de semana de Setembro a festa desta Freguesia chamada “Festa Nova” ou “Romaria Nova”.

Aí nessa altitude razoável, admiramos um horizonte imenso, cujo panorama magnífico que os nossos olhos podem vislumbrar sob terra dos Concelhos da Trofa e Santo Tirso, não deixando de reunir esse inconfundível e gracioso Ave que desliza suavemente a seus pés, com as suas margens mimosas de uma vegetação acariciadora sobretudo aos pescadores que se acolhem durante o exercício do seu desporto salutar, à protecção das suas sombras, e de admirar também esses, prestáveis e funcionais açudes, bem assim como essas rudimentares azenhas que atestam uma época já muito longínqua e o heróico e gigantesco esforço dos nossos antepassados. Mais à frente poderemos descer o escadario, do lado esquerdo encontrando umas alminhas e quando dermos por ela já estámos no rio Pelhe novamente. Prossigamos a nossa marcha e vamos ao encontro da estrada 508, deixada à pouco, e seguiremos em direcção a Santo Tirso, mas antes vamos virar à esquerda seguindo a direcção de Cabeçudos onde iremos encontrar mais um parque e mais á frente a famosa estalagem dos Almocreves, a qual aparece no livro "A Morgadinha de Romariz" livro escrito por Camilo Castelo Branco.  Aqui podemos virar à direita e iremos em direcção a Santo Tirso onde encontraremos a Capela de S. Lourenço construída no século XVI. Junto a famosa Ponte da Lagoncinha (Monumento Nacional). Passemos então para o lado de lá onde deparamos com umas alminhas e se virarmos ao lado direito a uns 300 metros está o Forno das Telhas. Recuando voltamos à ponte e seguindo a direcção de Santo Tirso iremos encontrar a uns 200 metros o famoso penedo da Moura encantada.

E assim terminamos este roteiro turístico de Lousado

 Fonte : António Máximo