CNE - Corpo Nacional de Escutas de Lousado
11-Jul-2008

 

 

Decorria o ano de 1958, o virtuoso e dinâmico Padre José Borges, havia sido recentemente nomeado Pároco da Freguesia de Lousado. Estava na pujança da sua vida apostólica. Sabia o que queria e até onde deveria ir. Tinha na sua alma e no seu coração, o incontido desejo de dotar a Paróquia que lhe havia sido confiada de estruturas e alicerces propícios à formação de um responsável e sólido povo Cristão. Assim, começa por criar e fundar nesta nossa terra os pilares da Igreja Humana, que são naturalmente os movimentos e associações de jovens e menos jovens ligados à igreja. Dentre muitas das associações que então aqui fundou e criou está o grupo de Escuteiros.

Aproximava-se o mês de Setembro de 1958. Os dias destinados à realização das festas em Louvor do Imaculado Coração de Maria e da Senhora da Boa Hora, já eram conhecidos. Estava no pensamento e no desejo do Sr. Padre José Borges, aproveitar esta circunstância para apresentar ao povo a si confiado a sua agradabilíssima surpresa e dar vida jurídica ao Grupo de Escuteiros de Lousado com a participação destes nas procissões de Sábado e Domingo.

O acampamento inaugural realizou-se no primeiro fim-de-semana de Setembro de 1958, no Alto de Montezelo, onde estiveram presentes vários grupos. O CNE de Lousado era composto somente por duas secções (Lobitos e Exploradores). O seu primeiro chefe de agrupamento foi o Sr. António Alves da Silva (Chefe Varela), o Secretario o Sr. António Pinto e os Padrinhos António Pereira de Araújo Fonseca e sua esposa, Joaquina Dias dos Santos.

O manifesto desejo do Sr. Padre Borges, foi realizado pois o novo grupo de Escuteiros de Lousado já devidamente fardado e impecavelmente disciplinados abriram as duas procissões, acima referidas marchando na frente construindo motivo de orgulho para todos os Lousadenses.

Em 1978 foi criada a secção dos Pioneiros após a participação de uma equipa no XV ACANAC. Apesar de existirem Caminheiros desde meados dos anos 60, o clã só foi criado em 1986.

Em 1990 foram admitidos elementos femininos nas 1ª e 2ª Secções e também elementos femininos adultos para integrarem as equipas de animação destas secções.

O agrupamento ao longo destes 50 anos participou em diversas actividades.

XV ACANAC – Em Ílhavo (1978) com uma Equipa de Pioneiros (Exploradores Seniores);

XVI ACANAC – Em Sesimbra (1983) com uma Equipa de Pioneiros e Caminheiros);

XVII ACANAC – Em Bagunte / Vila do Conde (1987) com uma patrulha de Exploradores, Pioneiros e Caminheiros

XVIII ACANAC – Em Palheirão /Tocha (1992) com uma Equipa de Pioneiros  e                                 Caminheiros

Além do Chefe Varela, também desempenharam estas funções o Chefe Joaquim Carneiro Nunes, o Chefe António Armando Azevedo Silva e actualmente estas funções estão a ser desempenhadas pelo Chefe Orlando Manuel Couto.

Neste momento, o Grupo de Escuteiros de Lousado é constituído por 84 elementos, distribuídos pelas seguintes secções e funções 18 lobito, 16 Exploradores, 29 Pioneiros, 16 Caminheiros, 4 Caminheiros em comissão de serviço,  5 Dirigentes. O seu Chefe é o Orlando Couto e os padrinhos são Sr. Eng. António Dias da Costa Serra (já falecido) e a sua esposa Dona Maria de Lourdes dos Santos Serra e o seu assinante espiritual é o Sr. Padre Eusébio Esteves Baptista.

O Escutismo católico é na realidade uma instituição que além do mais, é uma verdadeira escola que educa e prepara os jovens a serem Cristãos e Cidadãos responsáveis. Todos os que por lá passaram demonstram através da sua vivencia e do seu relacionamento social a serem cumpridores dos seus deveres cívicos e morais, a serem fiéis ao Espírito Escutista que tem como objectivo, desenvolver o espírito da fraternidade, lealdade, altruísmo, responsabilidade, respeito e disciplina

Cinquenta anos estão decorridos sobre a sua fundação, e aqui ficou um pouco da sua história.

Ver mais aqui