Clube Desportivo de Lousado
11-Jul-2008

 


Em 1932, começaram de uma forma mais ou menos organizada, a ser dados os primeiros pontapés numa bola de trapos e mais tarde numa bola de coiro e sua camara de borracha atestada com ar da bomba de bicicleta, surgiu o primeiro campo de futebol em Lousado, no lugar da Atalaia, os balneários eram na casa do Sr. Davide Marinho. A prática de futebol nesse campo foi até 1940, a partir desse ano, a juventude de Lousado teve que treinar e jogar futebol em vários locais da freguesia, em más condições. Em 1960, no lugar da Atalaia, onde existiu o primeiro campo de futebol, construíram um café e o proprietário cedeu terreno para que lá se fizesse um novo campo. Mas, infelizmente, para quem gostava de jogar futebol, passados 3 anos, o terreno foi vendido em talhões para construir casas, e, mais uma vez a prática de futebol fica adiada.

 No ano de 1975, no Café Arlindo, no lugar do Alto dos Seixos, um grupo de Lousadenses conversava sobre a falta de um campo de futebol e decidiram ir procurar um terreno para construir um novo campo de futebol. Durante essa procura, pararam em frente à “Tribor” e foram abordados pelo Senhor Adelino da Silva Leitão, um dos donos da “Tribor” que lhes perguntou o que procuravam. Sensibilizado com a pretensão do grupo de Lousadenses, ofereceu-se para ajudar. Após falar com os seus sócios informou de que iriam ceder um terreno em anexo à referida empresa, a Tribor e fizeram uma permuta com o Sr. Dâmaso.

Depois de conseguido o terreno, foi convocada uma reunião na Casa do Povo de Lousado para o dia 26 de outubro de 1975. Houve uma grande adesão de Lousadenses e um grupo de pessoas determinadas ofereceu-se para criar uma comissão administrativa destinada a dar os primeiros passos para fundar o Futebol Clube de Lousado, que em princípio só se dedicava à prática de futebol.

Pessoas presentes:

Eurico Soares Teixeira; Joaquim Augusto Silva Dias; António da Silva Fontes; Fernando Ferreira do Couto; Joaquim Ferreira Lopes; José Mário da Silva Azevedo; Manuel Azevedo Ferreira; Alberto Correia de Abreu; Andrade “Tribor”; Arlindo Ferreira dos Santos; António Lemos; Manuel Isidro Ferreira Guimarães; José Augusto Sousa Assunção; Manuel Albino Pereira; Benjamim Ferreira dos Santos; Manuel Lopes dos Reis; Alfredo Ferreira da Silva; Manuel da Silva Pereira; Nelson Pereira Leite; Avelino da Silva Pereira; Mário António Pinto; Jaime da Silva Campos; Júlio da Costa Campos; José dos Anjos Ferreira; António Maia Cardoso; José da Silva e Sá; Álvaro Almeida Leite; Fernando Teixeira Ferreira; António Fernando Carvalho Guimarães; José Pinto; António Alves da Silva (Varela); Manuel Eduardo Fonseca Ferreira; José Borges Azevedo.

Os contentores de madeira que traziam as máquinas para a “Mabor” foram utilizados como sede no Parque do Souto, onde este grupo de Lousadenses se reuniam, vendiam petiscos e rifas para angariar verbas para o início das obras.

Estes Lousadenses escolheram um pequeno grupo de pessoas para se fazerem representar numa reunião com a administração da “Tribor”, para tratar da cedência do terreno em questão. Em 02/01/1976, Eurico Soares Teixeira, Joaquim Ferreira Lopes e Benjamim Ferreira dos Santos, assinam com a administração da “Tribor” o acordo da cedência graciosa do terreno onde nasceu o actual Parque de Jogos do Clube Desportivo de Lousado.

Em 18 de fevereiro de 1976, foi formada a primeira Direcção do Clube Desportivo de Lousado composta por 19 elementos da Comissão Administrativa, eleita por sorteio, através de papéis numerados de 1 a 19, números estes que são os dos atuais sócios fundadores.

Constituição dos órgãos:

-Assembleia Geral: Presidente – Jaime da Silva Campos; Vice-Presidente – Arlindo Ferreira dos Santos; 1º Secretário – Joaquim da Silva Andrade; 2º Secretário – José Mário da Silva Azevedo; 3º Secretário – Alfredo Ferreira da Silva. Conselho Fiscal: Presidente – António da Silva Fontes; Vice-presidente – Benjamim Ferreira dos Santos; Relator – Alberto Correia de Abreu. Direcção: Presidente – Eurico Soares Teixeira; Vice-presidente – Manuel Eduardo Fonseca Ferreira; 1º Secretário – Joaquim Ferreira Lopes; 2º Secretário – Manuel Alves Da Silva; 1º Tesoureira – António Manuel da Silva Ferreira; 2º Tesoureiro – Manuel Lopes dos Reis. Vogais: José Augusto Sousa Assunção – Joaquim Silva Dias – José Pereira Borges de Azevedo – Manuel Albino da Silva Pereira – Fernando Ferreira do Couto.

O Clube foi fundado em 25 de junho de 1976. A publicação no diário da República foi no nº 211, III série, de 8 de Setembro de 1976, nas páginas 8274 a 8281, e, no Jornal de Noticias do dia 29 de Setembro de 1976.

Em junho de 1976, apesar das condições agrestes e irregulares do terreno, as obras foram iniciadas com as terraplanagens. O Sr. Comandante Militar do Norte cedeu uma máquina de terraplanagem e o respetivo condutor, por um período de 3 meses, para efetuar a terraplenagem. O Clube apenas teve que pagar o gasóleo porque o condutor da máquina, gratuitamente, dormia num quarto na casa do Sr. Manuel Elias e almoçava e jantava no Café Arlindo. Com a força de músculos humanos foram levantados os balneários, construídos os muros de vedação, ensaibrado o retângulo de jogos com saibro…

Entre junho de 1976 e maio de 1979, o Clube participa em várias atividades desportivas, jogos de futebol amigáveis e também em várias provas de atletismo. Na época 1978/1979 a 1ª equipa de Juvenis e de Seniores, participam nos Campeonatos Distritais da A. F. Braga. Os juvenis treinados pelo Sr. Benjamim Santos e os seniores pelo Sr. Jacinto Albuquerque.

Datas importantes:

1976 – 2 de janeiro - Assinatura do acordo de cedência graciosa do terreno com a administração da “Tribor”

1976 – 25 de junho - Fundação do Clube e dos seus estatutos

1977 – Construção dos balneários e sede

1980 – Construção do depósito de água, eletrificação do campo e vedação do campo

1981 – 6 de junho – Aprovação em assembleia geral do Regulamento Geral Interno do Clube

1982 – 15 de Setembro – Alteração do artigo 6º dos estatutos do Clube

1986 – Construção do ringue

1987 – Retiraram os fios de alta tensão que passavam sobre o campo de futebol

1995 – Foi construído o túnel de acesso aos balneários

2004 – 19 de agosto – Registo por usucapião de 3445 m2 de terreno

2008 – 19 de outubro – Aprovação em Assembleia Geral da alteração do Regulamento Geral Interno do Clube

2009 – Inauguração dos novos balneários e bar

2014 – 19 de julho, inauguração da bancada coberta e da relva sintética

2015 -  21 de Junho, sagrou-se Campeão Nacional do Inaltel

Atualmente (2015) o Clube Desportivo de Lousado tem ao seu serviço, a sua “Escola de Formação” com cerca de 200 atletas, nos escalões de Petizes, Traquinas, Benjamins, Infantis, Iniciados, Juvenis e Juniores que disputam os respetivos Campeonatos da Associação de Futebol de Braga e da Liga do Vale do Ave; uma equipa de Séniores com 22 atletas que disputam o campeonato da Inatel; uma secção de BTT com cerca de 30 praticantes; uma secção de Bilhar com 7 praticantes; uma secção de Desportos de Montanha com cerca de 20 praticantes e uma secção de Atletismo com 5 atletas que têm participado em diversas provas.

Ver mais aqui